Consoles

Game Boy Color

Console portátil da quinta geração dos videogames. Depois de um ano de 1997 sem lançamentos significativos de hardware, eis que em 1998 a Nintendo finalmente lança o sucessor do longevo e altamente popular Game Boy. Nasce então em outubro no Japão e em novembro no ocidente o Game Boy Color. O console traz como principal novidade o que todos esperavam do sucessor do Game Boy: cores! Mais precisamente, 56 cores simultâneas de 32.768 possíveis.

 

Seu processador era uma versão “bombada” do processador de 8-bit do Game Boy original, com o dobro de velocidade. Outra melhoria: o console tinha 3 vezes mais memória RAM que seu antecessor. Fora isso o console mantinha características muito semelhantes ao Game Boy, mais especificamente à sua última versão, o Game Boy Pocket, uma versão “slim” do robusto console. O Game Boy Color trazia uma carcaça um pouco mais compacta.

 

Mas o que provavelmente foi a principal característica do console e que acabou se tornando um padrão na indústria de portáteis foi a retrocompatibilidade. O Game Boy Color era compatível com toda a incrível biblioteca do Game Boy clássico. A verdade é que a Nintendo não estava muito “afim” de lançar um substituto para o Game Boy, pois o console vendia como água, mesmo tanto tempo depois do lançamento. Mas era evidente que seu hardware precisava de uma repaginada, pois a concorrência sonhava em destronar a empresa.

 

A SNK com o Neo Geo Pocket e a Bandai com o WonderSwan chegavam forte e com boas propostas. Mas o Game Boy Color sepultou qualquer chance que essas empresas tinham de sucesso e a retrocompatibilidade foi uma dessas razões, pois o console já chegava em seu lançamento com uma biblioteca gigantesca de jogos disponíveis, coisa que a concorrência jamais teria, além da tradição do nome Game Boy.

 

Assim como o Nintendo 64, a Nintendo lançava o console em várias cores, padrão que a empresa adota até hoje em seus consoles portáteis. Outra curiosidade fica por conta dos cartuchos, que eram feitos com carcaça transparente e algumas vezes contavam com características como “Rumble Pak” embutido, fazendo com que o console vibrasse de acordo com os acontecimentos do jogo, algo até então inédito em um console portátil.

 

O console ficou no mercado até o ano de 2003, pouco depois do lançamento de seu sucessor, o Game Boy Advance. Combinado ao Game Boy clássico, o Game Boy Color vendeu mais de 118 milhões de unidades em todo o mundo. Caso o Game Boy Color tenha vendido sozinho cerca de 40% desse total, ele já estaria posicionado entre os 6 consoles portáteis mais vendidos da história.

 



Outros Nomes: Gameboy Color, GBC

Ano Lançamento: 1998

Data / Regiões de Lançamento:

Brasil
23/11/1998 - Europa
21/10/1998 - Japão
18/11/1998 - Estados Unidos
27/11/1998 - Outras regiões

Fabricante: Nintendo


A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - #

Vídeos