Consoles

Game Gear

Console portátil da quarta geração. A SEGA, vendo o sucesso estrondoso da Nintendo no mercado de portáteis, tratou de acelerar o projeto de lançamento de seu pequeno console. Eis que em outubro de 1990, mais de um ano após o lançamento do Game Boy, chega no Japão o Game Gear. O console era muito mais avançado que o seu rival, possuindo tela colorida com luz própria (de qualidade ainda melhor que a do Atari Lynx) e um hardware muito semelhante ao do Master System, porém com melhorias na paleta de cores disponíveis. Essa semelhança possibilitava inclusive o uso de um adaptador para rodar jogos do Master System no Game Gear.

 

Todos os grandes sucessos da SEGA recebiam versões para o portátil, o que o tornava extremamente atrativo. Porém o console não era perfeito. Longe disso! Ele possuía problemas parecidos com o Lynx, com uma carcaça muito grande, que tornava o portátil mais difícil de carregar que o Game Boy, e também era um grande consumidor de pilhas. Além disso, a partir de 1994 a SEGA diminuiu drasticamente o suporte ao aparelho, em favor do Mega Drive e seus periféricos (Sega CD e 32X). Essa foi a pá de cal nas aspirações do Game Gear.

 

O console foi descontinuado em 1997, com vendas que superam as onze milhões de unidades. No Brasil o console fez grande sucesso. Seguindo a onda do Master System e do Mega Drive, a Tec Toy lançou o Game Gear por aqui em 1991. É provável que no Brasil o console tenha rivalizado de igual para igual com o Game Boy, já que o console da Nintendo demorou um bocado para ser lançado oficialmente por aqui.



Outros Nomes: GG

Ano Lançamento: 1990

Data / Regiões de Lançamento:

Brasil
Europa
Japão
Estados Unidos

Fabricante: SEGA


A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - #

Vídeos